CCJ da Câmara de Maringá votará projeto que proíbe palestras contra LGBTfobia nas escolas

Na segunda-feira (4) será votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de Maringá o projeto de lei Escola Sem Partido, que pretende proibir, entre outras coisas, palestras contra LGBTfobia nas escolas da cidade. Fazem parte da CCJ os vereadores Homero Marchese (PV), que já declarou voto favorável, Carlos Mariucci (PT), contrario, e Jean Marques (PV), que deve dar o voto de desempate. Se aprovado, segue para outras comissões até chegar ao plenário.