Deputado de Maringá votou contra investigação de Temer por formação de quadrilha

O deputado federal Edmar Arruda (PSD), de Maringá, votou a favor do relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PMDB-RJ), contrário ao prosseguimento da denúncia contra Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral).

Foram 39 votos pela suspensão do processo contra 26 a favor da denúncia. Houve uma abstenção: o presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), não votou.

Os paranaenses Evandro Roman (PSD) e Osmar Serraglio (PMDB) também votaram a favor do relatório que salva Temer. Rubens Bueno (PPS) votou contra.

Com o resultado, o relatório segue agora para votação no plenário da Câmara. A sessão deve acontecer na próxima 4ª feira (25.out).