Fogos de artifício e propina

Ouvimos fogos de artifício, em Maringá, no dia em que a “princesa”, da lista de propinas da Odebrecht, assumiu o governo do Paraná, depois que o “piloto”, também da lista de propinas, renunciou ao cargo para disputar uma vaga no Senado. Mas os fogos eram por causa da prisão de Lula, que não estava na lista de propinas.