Quero ser deputada estadual porque acredito que tenho projetos que trarão melhoria para as vidas de muitas pessoas, principalmente as pessoas LGBT. A medida que o fascismo avança sobre os direitos de todas as pessoas, as LGBT são as mais vulneráveis, pois estão sempre correndo risco de terem seus direitos e suas liberdades individuais ceifados. As mulheres do Paraná ainda não têm Secretaria de Políticas para as Mulheres, nem todas as cidades têm delegacia e nem Secretaria da Mulher. Essas lutas que precisamos fazer e que estão esquecidas pelo legislativo.